domingo, agosto 12, 2018

Marcelo e os incêndios

Criticado por no ano passado ter visitado a área onde decorriam os incêndios, quando ainda os operacionais os combatiam, no caso recente de Monchique o presidente da república só visitou a área depois de a Proteção Civil dar o fogo por dominado.

Porém, tal como em 2017, não resistiu ao populismo de mandar recados ao governo, dando força aos oportunistas de todas as espécies que se servem dos incêndios para obter benefícios pessoais, e aos políticos que, à falta de assuntos para criticar o governo, usam os fogos florestais para fazerem oposição.

O país foi sensível à seriedade com que o governo encarou o problema dos fogos florestais, Marcelo continua noutra onda...


Em tempo: os que criticam as forças de segurança, por evacuarem as pessoas contra a sua vontade das zonas em perigo, são tão abjetos que matavam mãe para terem assunto no telejornal...

2 Comentários:

Às 12/08/18, 12:33 , Blogger Ésse Gê (sectário-geral) disse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
Às 12/08/18, 14:51 , Blogger luis.garcia garcia disse...

Marcelo no habitual populismo , como nâo sabe o que dizer,parece um pombo correio ou esta como comentador na TVI , quem nunca desempenhou um cargo na vida publica a nâo ser Presidente de Assembleia Municipal da terra onde nasceu,e um triste como o mafarrico de Boliqueime .

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial