quarta-feira, outubro 10, 2018

Burros, ou chicos-espertos?


Quando se discute o aumento do salário mínimo, os representantes dos patrões vêm logo propalar que não pode ser porque a nossa produtividade é baixa.
 Como descuram a escolaridade e se contentam com a esperteza saloia,  custa-lhes a perceber que a maior responsabilidade pela pouca produtividade das nossas empresas não é dos trabalhadores, mas da impreparação de quem as gere.

2 Comentários:

Às 10/10/18, 09:03 , Blogger Célia disse...

" Como descuram a escolaridade e se contentam com a esperteza saloia" é aqui que reside a gangrena do tecido empresarial português. Temer, evitar a escolaridade, a formação por acharem que lhes sai caro e esta mentalidade rouba-lhes a visão de futuro. Está na mão deles aumentar os índices de produtividade.
Talvez daqui a umas décadas esta mentalidade retrógrada mude.
Abraço

 
Às 10/10/18, 09:38 , Blogger J. Cosme disse...

Será assim tão difícil a tantos "comentadeiros" de economia descortinar o óbvio?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial