sexta-feira, outubro 04, 2019

Campanhas negras

Hoje, no fim da tradicional descida do Chiado, António Costa foi interpelado por um transeunte que o acusou de ter estado de férias durante o incêndio de Pedrógão Grande.
Parece que isto não corresponde á verdade, mas consta que Rui Rio já lhe fez a mesma acusação.

O desespero da direita perante o pesadelo de uma provável derrota eleitoral não justifica tudo.
Mesmo em campanha, a democracia não se interrompe.

1 Comentários:

Às 05/10/19, 13:39 , Blogger J. Cosme disse...

Para a direita, desde a mais trauliteira estilo Portas/Cristas até à pseudo-socialdemocrata, apenas existe "uma democracia" : a "sua" é mais nenhuma. Só que nós, os democratas de sempre, sabemos bem demais o que é que está gente entende por "democracia".
Eles até podem ser muito bem falantes, muito "cultos", mas só escondem o seu real pensamento àqueles que querem deixar-se enganar.
Essa mentira descarada acerca do primeiro - ministro foi, de há muito, publicada numa página do Facebook por um destacado militante da direita mais radical a coitada no PSD. Quem tiver dúvidas, procure descobrir a verdade pelos próprios meios.
O velhinho do CDS que provocou o primeiro-ministro aprendeu bem a lição que o sr. Rio mandou plantar.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial