quarta-feira, julho 28, 2021

Cobardias

 As justificações para não ser declarado luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, além de cínicas, revelam uma imperdoável cobardia da parte do primeiro-ministro, António Costa, e do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. 

Ambos lhe devem a democracia que os elegeu e é assim que lhe pagam! Uma ingratidão inaceitável. 

2 Comments:

At 28/07/21, 14:40 , Blogger CCF said...

Assino por baixo!
~CC~

 
At 31/07/21, 15:30 , Anonymous António Ladrilhador said...

Talvez... mas tenho dúvidas.
Se quiser perder tempo com uma reflexão desapaixonada sobre o tema, sugiro que leia o que escrevi em https://mosaicosemportugues.blogspot.com/2021/07/otelo-o-espinho-que-nem-morte-arrancou.html

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial