sexta-feira, março 19, 2021

Moçambique não são só camarões

 De facto têm um sabor excepcional, talvez derivado às correntes do Canal de Moçambique. 

Porém,  o que nos obriga hoje a falar desta antiga colónia portuguesa é a violência que  ocorre na região de Cabo Delgado, norte de Moçambique, onde os terroristas do chamado Estado Islamico, ISIS, provocam uma catástrofe que não poupa as próprias crianças. 

Ao longo da história, o fanatismo religioso é responsável pelas maiores tragédias da humanidade, chegando ao ponto de se organizar em mobilizações de vários países, como aconteceu nas cruzadas.



0 Comentários:

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial