sábado, janeiro 16, 2010

Desculpas serôdias

Fernando Lima pretende justificar o injustificável, mas acaba por chafurdar ainda mais no lamaçal em que se atolou. O artigo que hoje pública no Expresso é uma tosca tentativa de resposta ao comunicado do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas de 13.01.2010, que sobre a actuação do Presidente da República e seus assessores conclui o seguinte:

Quanto ao jornal “Público”, o órgão de comunicação social que se prestou ao servicinho encomendado por Lima, a conclusão também não deixa margem para dúvidas sobre a inocência dos respectivos intervenientes:

A actuação dos jornalistas do «Público» envolvidos neste caso é reprovável, sendo a do antigo director aquela que merece maior reparo e crítica.”

Para os mais cépticos, e os que ainda acreditam que de Belém não pode vir mal ao mundo porque foi lá que nasceu Jesus, leiam o comunicado, seguindo o link, e comparem-no com as desculpas esfarrapadas de Fernando Lima.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial