quarta-feira, outubro 24, 2012

Quem não chora não mama, nem que seja ao telefone…

“Numa clara referência ao BESI, Ulrich disse hoje que "quem protestou" pelo ajuste directo à Perella "ganhou logo as privatizações seguintes".
"Qual ajuste directo é que está a referir? É que quem protestou ganhou logo as privatizações seguintes, da TAP e da ANA", declarou hoje o presidente executivo do BPI quando questionado sobre o ajuste directo à Perella da assessoria às vendas da REN e da EDP.
"Valeu a pena protestar", acrescentou o banqueiro numa clara referência ao Banco Espírito Santo Investimento (BESI), que foi uma das entidades escolhidas para assessorar a privatização da TAP e da ANA.
"O BPI não protestou em nenhum ajuste directo. Estamos a assessorar um candidato à ANA", concluiu, sem avançar qualquer detalhe.” (Económico)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial