terça-feira, janeiro 29, 2013

Cascais e Matosinhos, a mesma luta

Primeiro foi Cascais, para onde o PS escolheu o Cordeiro das farmácias, um assumido corporativista que ostenta várias medalhas das guerras que travou  contra o interesse público e o PS. Algumas foram há tão pouco tempo que mesmo uma  direcção naïf seria capaz de se  lembrar...
Agora,  para Matosinhos, o PS não encontrou melhor que um trauliteiro que diz calinadas destas: "Eu acho que os jovens devem ser apoiados pelo Estado, apoiar aqueles que têm aproveitamento, aqueles que não têm aos 14 anos é mandá-los trabalhar".
"Qual é a pressa?"

2 Comentários:

Às 30/01/13, 12:32 , Blogger J. Cosme disse...

Não é uma questão de pressa. É uma questão de imbecilidade de jotas que, infelizmente, deixámos chegar aqui.
Estejam onde estiverem, mais a norte, mais a sul, mais à direira, mais à esquerda, são os imbecis a quem permitimos que alcancem o poder sem saberem muito bem o que fazer com ele.

 
Às 01/02/13, 10:16 , Anonymous Anónimo disse...

Será que vamos ter 8 anos de horror, só porque o PS não consegue arranjar um líder decente?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial