sábado, maio 11, 2013

O Tempo de Gaspar e o tempo do CAA

Está a fazer dois anos que Vítor Gaspar disse que tinha descoberto um buraco colossal. Com base nessa falsa descoberta, confiscou metade do subsídio de natal, desse mesmo ano de 2011.
Nessa altura, Carlos Abreu Amorim, o CAA dos blogues, acabava de ser eleito deputado nas listas do PSD e ainda não se vislumbrava que podia ser candidato pelo mesmo partido à camara de Vila Nova de Gaia. Ninguém o ouviu insurgir-se contra a invenção e o confisco de Vítor Gaspar.
Agora porém, farto das caneladas do candidato “independente” José Guilherme Aguiar, e não conseguindo vencê-lo no terreno de jogo, armou-se em árbitro e, usando uma táctica comum aos  políticos do Porto, atacou o poder central (de Lisboa) e mostrou o cartão vermelho a Vítor Gaspar.
Porque o tempo de Vítor Gaspar coincide com o tempo do CAA, os patrões não lhe toleraram a blasfémia.
Não percam os próximos episódios…

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial