quinta-feira, junho 11, 2015

Voo sem destino


O crime foi consumado: O governo vendeu a TAP pelo equivalente a dois salários anuais de Jorge Jesus: dez milhões de euros.  Os apoiantes da venda dizem que o importante foi o governo livrar-se da dívida da TAP, menosprezando o valor do património duma companhia com receitas anuais superiores a dois mil milhões de euros.

Há quem diga que Passos Coelho revelou coragem,  mas vender o património nacional por bagatelas, não  é coragem, é crime. 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial