sexta-feira, setembro 20, 2019

Magalhães, um português universal


A universalidade de Magalhães é reconhecida até aos nossos dias como prova o nome dado pela NASA à sonda lançada caminho de Vénus: Magellan.
Na sua viagem, que malogradamente não terminou, provou que a terra era redonda, deu nome ao oceano Pacífico, descobrindo a ligação ao Atlântico através do estreito que hoje tem o seu nome.
Quando iniciou a viagem Magalhães já era um navegador de experimentado, tinha combatido na Índia ao lado de Afonso de Albuquerque, e certamente ambicionava feitos maiores ao decidir lançar-se na aventura de dar a volta à terra.






2 Comentários:

Às 21/09/19, 09:27 , Anonymous Anónimo disse...

Essa afirmação de que Magalhães "descobriu" a passagem para o Pacifico anda próximo de um exercicio de fé. Quem se detenha meia horita a olhar para geografia da passagem não precisa de ser particularmente dotado em artes de marinharia para perceber aquilo que ainda hoje é válido: só lá passa à primeira quem conhece. Porque é que nunca se procurou saber quem foi o "guia" ? E qual o papel de "Henrique de Malaca" na empresa ?

JRodrigues

 
Às 22/09/19, 19:48 , Blogger Jaime Santos disse...

A prova de que a Terra é redonda foi conseguida por Erastótenes de Cirene, no sec III AC, que calculou a sua circunferência, tendo chegado a um valor muito próximo do valor real, pelos vistos.

Curiosamente, se Colombo tivesse utilizado esse valor, nunca teria saído de Palos de la Frontera e provavelmente seria outro que não Magalhães a fazer a primeira circum-navegação do planeta. E certamente que essa viagem não teria ocorrido tão cedo...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial