quarta-feira, abril 27, 2005

Convergência ou bom senso?


"Ninguém pode dizer que os sindicatos estão a criar obstáculos à modernização das empresas e nota-se uma maior receptividade da opinião pública a reformas que se sabe não poderem ser mais adiadas".

“Com uma linha de discurso coincidente com as prioridades definidas pelo novo Governo de José Sócrates, Cavaco Silva admitiu as convergências e manifestou-se "satisfeito" com o facto de o programa político socialista "não ser muito diferente" do que vem defendendo "pelo menos desde 1999".

Está tudo do Jornal de Noticias

Não é indispensável ser de esquerda para ter bom senso.

2 Comentários:

Às 27/04/05, 18:13 , Blogger j disse...

Ou como diria Maquiavel...
Se precisas deles e não os podes vencer, alia-te a eles...
Ou, pelo menos, diz que eles não são totalmente incompetentes(?!?!)

 
Às 28/04/05, 23:27 , Blogger gelsenkirchen disse...

Eu diria antes que há alguma esquerda que está a virar à direita.
Já chamei à atenção, várias vezes ,que o programa de governo do PS podia sem grandes problemas ser subscrito por qq liberal empedernido e que envergonha, em muitas matérias as alas mais ortodoxas, logo de esquerda, do PS.
Em suma, o seu post terminaria melhor, assim: o bom senso de Cavaco arregimenta adeptos à esquerda socrática.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial