quarta-feira, julho 14, 2010

A Bota e a Perdigota

"Não dá a bota com a perdigota. Com o desemprego a bater recordes, a indústria do calçado “começa a desesperar com a falta de trabalhadores”. (Jornal de Negócios)
Não confundir "desemprego" (não gosto desse trabalho...), com o desemprego a sério. O desemprego a sério não se vê nas manifestações, não vai de férias, não anda de carro, não contesta o preço das SCUTS e nem sequer teme o aumento de impostos...
O que ele quer é trabalho.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial