domingo, novembro 04, 2012

Um governo contra a democracia

Já poucos duvidam. Da esquerda à direita do espectro democrático, vozes insuspeitas alertam-nos todos os dias para o abismo que nos espreita, se o governo continuar a insistir nas políticas que prossegue.
Não é só Mário Soares a alertar para os perigos que corre a democracia. Manuela Ferreira Leite afina pelo mesmo diapasão ao afirmar que «só existem democracias sólidas assentes numa classe média forte» e que qualquer processo de destruição da classe média é «ameaça tremenda à democracia».
Por outras palavras, se queremos salvar a democracia, temos de nos livrar deste governo. O Presidente da República, que tem a obrigação de zelar pelo respeito da Constituição e pela democracia, é que tarda a decidir-se.

1 Comentários:

Às 04/11/12, 19:47 , Blogger J. Cosme disse...

Talvez o senhor tenha algum pendor para chefe de gauleiters, quem sabe?!
Como pelas ações é que eles se conhecem, estou convencido que o perigo é mesmo o conjunto de safados disfarçados de democratas que usurparam o poder em Portugal, com a conivência do seu chefe.
Por isso, é preciso correr com eles todos, o mais depressa possível. Antes que seja demasiado tarde.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial