segunda-feira, dezembro 01, 2014

A Independência nacional e os migueis de vasconcelos

Comemorar a independência de um país como Portugal, sendo uma obrigação de qualquer cidadão,  devia ser uma condição para ocupar cargos governamentais.
De facto, esta obrigação não está na lei, mas se pusermos no governo quem não respeite a independência do país arriscamo-nos a perdê-la, e não seria a primeira vez.
Este governo respeita muito a Troica, a comissão  europeia, a Angela Merkel, e, sobretudo, os "mercados". Para lhes agradar até pôs os portugueses a pão e água, mas recusa-se a comemorar a restauração da independência de Portugal.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial