sábado, fevereiro 14, 2015

A porcaria na ventoinha

Passos Coelho quis mostrar a Europa, isto é, a Angela Merkel, que ninguém era mais duro do que ele na relação com a Grécia.
Na reunião do Eurogrupo não cumprimentou o primeiro-ministro grego, uma atitude apenas comparável à de Mariano Rajoy, que vê na vitória do Syriza a ameaça do "Podemos".


Em qualquer caso, na hora da verdade será abandonado ao desprezo reservado aos convencidos e nem o ombro do fantasma de Belém se oferecerá para o consolar...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial