quinta-feira, março 26, 2015

As parangonas da morte

A confirmarem-se as notícias, a queda do avião da Germanwings terá sido intencionalmente provocada pelo co-piloto.
Só a vontade de aparecer nas televisões poderá ter levado um suicida a fazer-se acompanhar no seu desvairado acto por inocentes que nada têm a ver com os pesadelos que o afligiam. 
Vivemos num mundo tão mediatizado  que nem o crime dispensa a publicidade. 
Somos vítimas do que criámos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial