segunda-feira, maio 25, 2015

O doente da biografia

Andam por aí a insinuar que a última biografia de Passos Coelho é uma biografia doente. De facto é, mas a culpa não é do livro. É do objectivo. 
Querer fazer de Passos Coelho uma pessoa razoavelmente normal é missão impossível e missões impossíveis bem sucedidas só em filmes. 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial