quarta-feira, fevereiro 28, 2018

No jardim


Enquanto um jardineiro vai arrancando os silvados que anteriores jardineiros deixaram medrar, o bando de garotos que ali escondia o saque das suas travessuras não para de o apedrejar.

Com paciência de Job, o jardineiro apanha os cavacos que lhe atiram, acrescentando-os ao montículo onde põe o lixo. Ele sabe que no dia seguinte o bando de garotos lá estará a tentar desfazer o seu trabalho, mas não desiste de melhorar o jardim e tem esperança que, quando crescerem, os garotos se corrijam.

Qualquer semelhança entre esta parábola e o debate parlamentar de hoje não é coincidência.



0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial