segunda-feira, fevereiro 01, 2010

A Burka - liberdade e opressão

O uso da Burka, ou traje similar, está em vias de ser proibido em alguns lugares públicos em França. A Turquia, país de maioria islamica, proíbe-o em qualquer local público.
Em Portugal parece não haver legislação sobre a matéria. Porém, muitos dos que dizem condenar veementemente o uso daqueles trajes, estão contra a legislação francesa que visa limitar o seu uso. Ou seja, são contra o uso da Burka porque representa uma violência sobre as mulheres, mas não reconhecem ao estado o direito de o proibir, porque viola a liberdade individual de a usar.
Isto é um sofisma. Se se considera violência obrigar as mulheres a usar Burka, o que acontece em alguns países, ao permitir o seu uso dentro das suas fronteiras, os países democráticos estão a fechar os olhos à opressão que está na sua génese. A Burka é um símbolo de opressão, não de liberdade. Isto é insofismável.
A dar razão aos que entendem que os países democráticos não podem proibir o uso da Burka, legitimam-se os que obrigam as mulheres a usá-la.

1 Comentários:

Às 01/02/10, 17:19 , Blogger Luis Eme disse...

exactamente...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial