terça-feira, fevereiro 17, 2015

O ataque


"Sinto muito pelos gregos. Elegeram um governo que se comporta de forma irresponsável"

Este ataque do ministro alemão das finanças ao governo grego vem demonstrar o que já se sabia: a vitória do Syriza, e a manutenção das suas propostas eleitorais, desestabilizaram uma certa Europa que pretende continuar a explorar em seu proveito as fragilidades dos países em dificuldades.


As orientações dos ministros alemães podem ser boas para os alemães. Porém, quando as orientações têm por alvo outros povos,  a história já nos ensinou que a surpresa pode estar no fim da linha...

No entanto, bem pior  que o ministro Schauble têm andado Cavaco Silva e Passos Coelho que cumprem com excesso de zelo e notório gosto as ordens do ministro alemão, em prejuízo do povo português que deviam defender.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial