quarta-feira, abril 15, 2015

O pão da boca


"Precisamos de baixar a TSU "como de pão para a boca" diz o primeiro-ministro, que tirou o pão da boca a milhares de famílias, mas ainda não se satisfez. 
O radicalismo ideológico que o orienta fez regredir o país mais de uma década e nem o aproximar das eleições o impede de continuar a delapidação do património público.

Depois de ter vendido a EDP, a ANA, e a REN, mantém a obsessão pela privatização da TAP e, à semelhança do que sucede com a saúde, cujo orçamento está a suportar o crescimento do sector privado em vez de reforçar o Serviço Nacional de Saúde, já está em marcha uma negociata para passar para os privados as ajudas dadas aos transportes públicos.

Com o pão da boca dos nossos impostos, este governo vai financiando os privados.

Baixar a TSU é mais do mesmo...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial