domingo, abril 26, 2015

O último discurso

O discurso do Presidente da República, Cavaco Silva, não acrescentou nada à indigência da escola que Américo Tomaz celebrizou. Dizer que fez um discurso da quarta classe, é ser antipático com as crianças do ensino básico. 

Com as legislativas no horizonte, Cavaco Silva fez o que sempre faz: favorecer a sua área ideológica.
Se no primeiro mandato Cavaco Silva ainda mascarou a ligação genética que o prende à direita radical derrotada no 25 de Abril de 1974, mal tomou posse para o segundo, passou a liderar a oposição ao PS que então governava e deu o poder de mão beijada à coligação Passos/Portas que implementou uma política de empobrecimento, levando o país à miséria.

O último discurso de Cavaco Silva num 25 de Abril teve apenas um dado positivo: foi o último.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial