terça-feira, maio 26, 2015

"O escândalo da TAP"

"Passos Coelho comemorou a passagem do quadragésimo aniversário da criação do seu partido, fazendo, ainda no último debate quinzenal na Assembleia da República, um exaustivo e demagógico balanço da governação.
Esta, como é sabido, conduziu a um desemprego sem paralelo, a uma imigração imensa, a um galopante crescimento da dívida, à destruição do Serviço Nacional de Saúde, ao desmoronamento da justiça, à degradação da educação e, sobretudo, à venda do país a retalho, de que o escândalo da venda da TAP é o episódio mais recente e indecente!
Já sem poder de influência, como poderá o senhor Presidente da República assegurar, em outubro próximo, a estabilidade política que diz defender? Não é crível."

Extrato de um artigo de Mário Soares que, pela oportunidade e lucidez, merece ser lido na íntegra. 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial