quarta-feira, julho 08, 2015

Tsipras ou Pirro?


A vitória do não foi a resposta de Tsipras às exigências dos credores, embora fosse previsível que um povo esgotado pela austeridade votasse contra essa mesma austeridade.

Ao contrário do apregoado pelo líder do Syriza, o resultado do referendo estreitou a sua margem de manobra, pois o voto do povo grego não é oponível aos credores e, tendo votado contra a austeridade, vai ser mais difícil ao primeiro-ministro grego fazer passar as reformas que lhe são exigidas para obter ajuda.




1 Comentários:

Às 08/07/15, 15:01 , Blogger J. Cosme disse...

Mudança da Europa? Sim, para a previsibilidade do fim do euro. Ou, no mínimo, para a saída da Alemanha do euro. Porque não é previsível que mudem as políticas numa Europa totalmente dominada pelo neo-liberalismo militante.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial