quinta-feira, outubro 22, 2015

Os amigos da onça

"Centro-direita europeu sai em defesa de Passos e aponta o dedo ao PCP"

Chamar-lhe "centro-direita" é eufemismo. A mesma gente que nos impôs a austeridade, e pactuou com Passos Coelho quando ele decidiu ir além da troica, quer interferir na escolha do governo de Portugal para perpetuar a desgraça que nos foi imposta pela coligação PaF com a cumplicidade de Cavaco Silva.

Embora nos últimos quatro anos Portugal tenha  sido governado por bananas, não deve ser confundido com uma república das ditas. Se os direitinhas europeus querem mandar bitaites, que o façam na terra deles.

1 Comentários:

Às 22/10/15, 21:44 , Blogger J. Cosme disse...

Agora, digam-me, por favor, qual a diferença entre estes "democratas" e os "patriotas" fascistas que prendiam, torturavam, vilipendiavam, humilhação e matavam os comunistas e àqueles a quem eles achavam por bem apelidar como tais.
Desde há pelo menos 98 anos que estes "democratas" tentam despertar todos os que se lhe opõem, sobretudo os comunistas.
Aquele a quem continuam a apelidar de presidente da República de Portugal dá-lhes completa razão, porque ele próprio lançam veneno da boca de cada vez que pretende falar deles. Já viram que ele nunca referiu o Partido Comunista Português? Logo ele que nunca seria nada nem ninguém, se não fosse o sacrifício abnegado de tantos democratas, sobretudo de tantos comunistas. Logo ele que foi toda a vida um economista sofrível, um "professor" medíocre, um estudante que nunca foi solidário com os seus companheiros.
Espero que daqui por meia dúzia de meses essa sinistra figura não mais saia do buraco onde a História deposita toda a imundície que ela própria gerou.
Resta-nos uma esperança, ténue esperança. É que a escumalha neoliberal que quer aprisionar o PS tenha a coragem de lutar pelo tacho em qualquer dos partidos que agora lhes estendem a mão carregada de falsidade.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial