domingo, janeiro 31, 2016

Cartas de Bruxelas

As cartas de Bruxelas não são cartas de amor e também não são "cartas  a Garcia".
As cartas de Bruxelas são receitas paliativas que não curam doenças e ainda as agravam.
Diz quem sabe:

 "Agora que a poeira assentou, passados quatro anos e meio, vem o Tribunal de Contas Europeu (TCE) dizer, fazendo a análise sobre o que se passou em cinco países (Portugal, Irlanda, Letónia, Roménia e Hungria), que a Comissão Europeia não só falhou na antevisão das razões que conduziram à crise como depois falhou na forma como lidou com ela em cada um destes Estados."

(Nicolau Santos, no Expresso de ontem)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial