segunda-feira, outubro 24, 2016

O homem que queria ser lixo

Há gostos para tudo. Há quem queira sempre melhorar, mas, infelizmente, também há os que se comprazem na miséria, de preferência a alheia.
Há muito que o Jornal Expresso deixou de ser referência do jornalismo imparcial. Nem sei mesmo qual o papel dos que  restam dos tempos em que a saída daquele semanário era um acontecimento, tal a verrina destrutiva da sua linha editorial.

2 Comentários:

Às 24/10/16, 20:23 , Blogger jose antunes disse...

Já o deixei de ler vai para dois anos. Mas é bom que se grite O EXPRESSO É UMA BANDALHEIRA JORNALISTICA.

 
Às 25/10/16, 20:54 , Anonymous Abraham Chevrolet disse...

Há dois anos e picos!!! E vão dois,amigo José Antunes.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial