sexta-feira, dezembro 02, 2016

Mais uma reposição

Comemorou-se ontem o  1º de Dezembro, dia da Restauração da Independência, numa cerimónia na Praça dos Restauradores organizada pela Câmara Municipal de Lisboa, a Sociedade Histórica da Independência de Portugal e o Movimento 1º Dezembro de 1640.

Passos já provou ser um tanto ou quanto adventício, mas arrastar o PSD para posições que podem ser confundidas com falhas de patriotismo é uma atitude irresponsável. 
Suspender o feriado da Restauração foi um erro crasso, que ontem mereceu censura severa do Presidente da República, militante e antigo Presidente do PSD. 
Recusar associar-se às comemorações, considerando o convite uma provocação, é um sintoma da má consciência que pesa na direcção do PSD, perante mais esta "reposição" do governo de António Costa, que vai repondo a normalidade no país e nas instituições . 
Ainda falta "normalizar" a CGD e Passos Coelho não se poupa a esforços para que tal não aconteça, aqui com a ajuda de Assunção Cristas.
Andar com o país para a frente com estes dois atrasos-de-vida  a puxar para trás, não é fácil, mas o patriotismo de Marcelo Rebelo de Sousa, mais o engenho e a paciência de António Costa fazem milagres.

1 Comentários:

Às 02/12/16, 21:41 , Blogger J. Cosme disse...

Só espero que o exemplo de patriotismo que toda a esquerda tem dado sirva para mostrar qual o caminho para o futuro deste país. E que permita a todos um exame de consciência acerca dos pecados do passado que nos conduziram à triste situação atual. E, já agora, que abra definitivamente as portas da rua à podre direita, que por aí anda de cabeça perdida.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial