quarta-feira, novembro 23, 2016

Ir pagando a dívida

A discussão sobre a dívida portuguesa vem dos tempos da monarquia. Leiam o Eça de Queirós.
Porém, nos últimos tempos,  a discussão tem-se centrado na sua reestruturação/perdão, com a esquerda mais à esquerda a tentar impor esta solução. No entanto, em Bruxelas ninguém quer ouvir falar disso, justificando que Portugal tem condições de sustentabilidade da dívida.
Nestas circunstâncias, como noutras, o melhor será avançar passo a passo, mas com determinação, e se há político português que sabe como fazer isso é António Costa.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial