domingo, novembro 13, 2016

Os amigos de Trump

Era de esperar que Trump tivesse apoiantes também em Portugal. A maior parte deles estão calados, ou falam em surdina, mas alguns já começaram a falar grosso, escudados na vitória do candidato republicano.

No entanto, Ferraz da Costa esquece-se que Portugal já teve o seu Trump: Cavaco Silva. Enquanto primeiro-ministro, destruiu a agricultura, as pescas e a marinha mercante, afundou a bolsa  e subordinou a economia ao capital financeiro, iniciando  o processo que provocou o colapso do próprio sistema bancário.
Enquanto presidente da República, protegeu escandalosamente o governo do seu partido que aumentou as desigualdades e fez recuar o país mais de uma dezena de anos. A cereja em cima do bolo foi, já em fim de mandato, a tentativa de impor a continuação de um  governo da mesma coligação de direita contra a vontade da maioria do parlamento.
Os que agora batem palmas ao próximo presidente dos americanos são os mesmos que apoiaram  Cavaco e beneficiaram das políticas que cavaram o enorme fosso entre ricos e pobres que envergonha o país. 

São estas, as políticas subordinadas aos interesses dos mais ricos, que Ferraz da Costa advoga, mas dessas políticas já tivemos uma dose cavalar que resultou no empobrecimento das classes média e baixa em benefício dos mais ricos.
Basta de trampumineiros.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial