segunda-feira, abril 24, 2017

França ao centro para travar a direita radical

O alarme provocado pelas "promessas"  de Marine Le Pen (sair do euro, sair da União Europeia, expulsar imigrantes...) deu nisto:
Uma coligação não declarada do centro-esquerda   com o centro-direita a que as sondagens atribuem 60%, garantindo a vitória de Macron na segunda volta das presidenciais francesas.

Os nacionalismos exacerbados e a xenofobia provocaram guerras no passado e provoca-las-iam no futuro se chegassem ao poder.
Le Pens há em todo lado. Votar neles é brincar com o fogo.




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial