domingo, maio 28, 2017

As cotoveladas de Trump

No seu périplo pelo médio oriente e pela Europa, Trump não deixou os seus créditos por mãos alheias. Na Arábia Saudta fez uma venda de  cem mil milhões de dólares em armamento, nao se sabendo quanto desse armamento acabará em "boas mãos".
Negócio é negócio e Trump é um homem de negócios...

Depois, talvez para se desculpar da primazia dada aos sauditas, cobriu a cabeça com um quepi judaico e foi justificar-se ao muro das lamentações em Jerusalém.

Aproveitando o elan religioso, deu um salto a Roma para ver o papa, mas  nem um ligeiro sorriso conseguiu do bem humorado Francisco que os reservou para a Melania e a Ivanka...

A seguir aterrou em Bruxelas, onde abriu caminho à cotovelada entre os aliados da NATO e aproveitou para dizer mal dos alemães, que recusam comprar as banheiras americanas, mas enchem os Estados Unidos de Porches, Mercedes, Audis e BMWs...

Por fim parou na Sicília para se despedir e dizer aos comparsas do G7 que o ambiente era coisa de totós...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial