domingo, dezembro 27, 2009

Ainda não é desta...

Inspirados pelos ventos que sopram de Belém como os velhos de antanho, os Medinas, Catrogas, Barretos e similares têm-se multiplicado em declarações catastrofistas, augurando para breve a falência do país. Qual aeroporto, qual TGV? O país estava a acabar!
A iminência era de tal ordem que nos cafés, onde os líderes da oposição apanham as dicas para atacar o governo, já se começava a falar espanhol, ou castelhano como diriam bascos e catalães.

Porém, soube-se agora de fonte limpa que a Polónia, a Itália, a Espanha e o Reino Unido, para só falar de alguns países da Comunidade Europeia, têm maior probabilidade de falência do que Portugal…

Deixem-se de bocas e vão ver!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial