terça-feira, setembro 18, 2012

Criador - criatura

O aumento da contribuição dos trabalhadores para a TSU, para baixar, quase na mesma proporção, a contribuição das entidades patronais, foi  rejeitado  de forma tão avassaladora pela sociedade portuguesa, que a intervenção  de Carlos Moedas  em defesa dessa medida, junto  dos empresários que a criticam, se não fosse  patética, parceria provocação.

2 Comentários:

Às 18/09/12, 20:42 , Anonymous S. Bagonha disse...

Pois o Moedas, o tal da "incorporação" dos mercados, ainda não incorporou que o povo português já não incorpora mais sacanagens e malfeitorias deste bando de trafulhas, Moedas incorporado, que desgovernam o nosso país. Ele que vá incorporar para a .... ... . .....!

 
Às 19/09/12, 11:31 , Blogger J. Cosme disse...

Corre por aí um estudo efetuado por 4 profs universitários acerca da famigerada TSU.
O estudo, tecnicamente perfeito e sem qualquer tipo de sofisma, demonstra inequivocamente a forma de governo destes piratas dos tempos modernos. Bem pode vir o penteadinho moedas, engenheiro civil de profissão, afirmar que os pilares estão apoiados e as vigas direitas.
Bem o pode dizer e redizer, que já ninguem acredita nele. Porquê? Porque a quantidade de ferro e betão que o cavalheiro mandou utilizar não é suficiente para aguentar o peso da canalhice!
Na verdade, para além do erro crasso que estes teóricos da treta cometeram, há uma erro incomensuravelmente maior: estes bandidos navegam à vista e estão-se borrifando para os milhões de compatriotas que pisam sistematicamente todos os dias.

Espero que este "movimento de cidadãos patriotas" tenha a coragem de não desistir e de esquecer todas as direções partidárias responsáveis pela destruição dos sonhos de quase 10 milhões de portugueses.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial