quinta-feira, março 07, 2013

O rehn do terror


É assim que Paul Krugman, o prémio Nobel de economia, classifica a política de austeridade levada a cabo pela União Europeia cujo rosto é o Vice Presidente da Comissão Europeia, Olli Rehn. 
Segundo o mesmo Krugman, o comissário finlandês é também a "face da negação", porque insiste teimosamente em negar os efeitos da austeridade que impõe.
Mas o que fez saltar a tampa da Comissão Europeia, que reagiu agora às críticas do conhecido prémio Nobel, foi o artigo "As baratas na Comissão Europeia"' em que " Krugman lamenta que Rehn insista em políticas que – tal como as baratas – ele gostaria de ver banidas para sempre, mas que – tal como as baratas – sempre arranjam um jeito de regressar."
De facto, de um reino de baratas a um reino de terror, vai um passinho de... barata.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial