segunda-feira, junho 02, 2014

Um rei quase português

Juan Carlos, o rei de Espanha que acaba de abdicar em favor de seu filho Felipe, além de falar fluentemente português, deve ter comido muita sardinha assada e talvez goste de fado.
Para os portugueses, Juan Carlos não era um estranho, nem ele se sentia um estranho em Portugal.
Foi um rei do seu tempo, que soube controlar os ímpetos bravios, quando foi preciso, e ajudou a colocar a Espanha no lugar que merece no contexto europeu.

Que o filho siga as pisadas do pai, e enterre a maldição ligada ao nome que lhe deram (Felipe).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial