terça-feira, dezembro 30, 2014

A Madeira é um jardim...


A Madeira é um jardim
No mundo não há igual
Seu encanto não tem fim
É filha de Portugal

Nas últimas decadas, o primeiro verso desta quadra foi sendo paulatinamente substituído por este: A Madeira é do Jardim.
Esta adulteração deve-se ao ostracismo a que Alberto João Jardim condenou os madeirenses, condicionando a liberdade e a democracia.
Com a eleição do novo líder no PSD-Madeira, pode ser que na pérola do Atlântico se possa finalmente dançar o bailinho num jardim onde a flor da liberdade não esteja confinada às estufas para turista ver.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial