sábado, julho 11, 2015

A entrevista


Vi a maior parte da entrevista de António Costa na TVI. Não me surpreendeu.
Acompanho a actuação do líder do PS desde que desempenhou o cargo de líder do grupo parlamentar e não esperava ser surpreendido.
Tão pouco contava com um clique sebastianista que mobilizasse o eleitorado, cuja falta, segundo referiu Henrique Monteiro no painel que se seguiu na TVI24, afectou a intervenção do líder socialista.

Este painel, onde  Constança Cunha e Sá supostamente representaria a esquerda(!), seria o pior da "entrevista", justificando a afirmação de António Costa quando referiu que as perguntas (e as preocupações) do povo são diferentes das dos jornalistas.

O pior da entrevista foram mesmo os jornalistas, o que também não surpreendeu.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial