quinta-feira, julho 23, 2015

Amigos da onça

Recentemente, Passos Coelho tem tentado passar a mensagem de que tem sido bonzinho com os gregos, que o acusam de se opor a uma solução realista para a respetiva divida. 

Porém, depois ter sido desmentido publicamente que a autoria da ideia que facilitou o acordo com a Grécia lhe pertenceu, vem agora Jean-Claude Juncker revelar "que Portugal se opôs a que um alívio da dívida pública grega fosse discutido antes das eleições legislativas."

Ou seja: A conversa  "que se lixem as eleições" é apenas mais um estratagema de Passos Coelho para enganar os portugueses,  com a agravante de  o presidente Cavaco Silva corroborar nesse ludíbrio. 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial