terça-feira, agosto 25, 2015

Um ritual de iniciação

No fim das férias, os jovens do PSD são submetidos a um ritual onde desfilam militantes destacados, supostamente para servirem de modelo aos noviços. 
Os oradores são vários, mas em rigor falam todos a uma só voz, repetindo até a exaustão os velhos argumentos da direita. Dali nunca sai uma ideia nova, nem isso se pretende. O objectivo é formatar os jovens às práticas do partido, não as questionando. O prato forte é malhar na oposição, sem contraditório.

Com estes objectivos, a pomposamente chamada "universidade de verão do PSD" não passa de uma sequência de comícios orquestrados, onde as maiores ovações vão para os oradores mais radicais e menos esclarecidos.


1 Comentários:

Às 26/08/15, 11:38 , Blogger J. Cosme disse...

Trata-se, no fundo, de criar mais umas tantas "cabeças limpas" para servir os interesses do capital. E, de tão limpas ficam aquelas cabecinhas, que nunca mais na vida vão ter capacidade para pensar sozinhas.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial