segunda-feira, dezembro 05, 2016

Crime no cinema

A revelação causou estupefação: a actriz Maria Schneider foi violada por Marlon Brando numa cena do filme "O último tango em Paris", visto por milhões em todo o mundo.
Quem o afirmou foi o realizador do filme, Bernardo Bertolucci, que combinou a cena com Marlon Brando, mantendo a actriz de 19 anos na ignorância.

As motivações invocadas por Bertolucci são doentias e  escabrosas. Embora a vítima e o violador já tenham falecido, impõe-se a condenação póstuma do actor e do ainda vivo realizador.
Hollywood não pode ficar indiferente a este crime, retirando aos crminosos os prémios e honrarias que lhes tenham sido atribuídos. 

1 Comentários:

Às 05/12/16, 11:40 , Blogger José Lopes disse...

Totalmente de acordo. A Maria Schneider na altura não sei se já teria 20 anos e Brando estava perto dos 50. Um asco, esse Bertolucci.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial