segunda-feira, setembro 04, 2017

Secundario

O desenvolvimento do país precisa de infraestruturas que dependem quase exclusivamente do investimento estatal.
Uma infraestrutura essencial, para o turismo e outros negócios, é o aeroporto de Lisboa que está a rebentar pelas costuras. 

Dado o elevado custo para os cofres do estado, conviria que as decisões relativas a estes investimentos fossem tanto quanto possível consensuais, evitando querelas que criam impasses e atrasam o desenvolvimento. Hoje ninguém discute a barragem do Alqueva, mas as discussões sobre a sua construção atrasaram vários anos a riqueza que trouxe ao Alentejo.

O consenso politico-partidario sobre as infraestruturas interessa ao país. Considerá-lo secundário é mais uma demonstração de irresponsabilidade política de Pedro Passos Coelho.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial