segunda-feira, abril 23, 2018

Livros, todos os dias

Houve um tempo em que os livros eram os meus melhores amigos.
Então, fechava-me ao mundo que me rodeava e abria-me ao universo que descobria em cada página.
Depois, o mundo mudou e agora entra-nos porta dentro á velocidade da luz, sem pedir licença. 
Os livros continuam por aí, mas já não são as companhias privilegiadas de outros tempos.
Hoje precisam de dias dedicados para nos lembrar que ainda existem e não mudaram muito. 
Nós é que mudámos e caminhamos perigosamente para uma época na qual os homens e os seus Caniches  estarão tão standarizados como os robots.

Hoje é dia do livro...

1 Comentários:

Às 23/04/18, 20:32 , Blogger J. Cosme disse...

Vivam os livros!
O que teria sido de nós sem os livros? Onde iríamos buscar ânimo para sobreviver, ou o conhecimento do mundo que nos era vedado sem eles?
O que teria sido a nossa vida sem eles?
Ainda hoje são a minha companhia preferida. Não os troco por qualquer bacorada televisiva.
É o que irei dizer amanhã à uns miúdos que pretendem saber o que penso do 25 de Abril. Sem eles, não teria havido cravos nas ruas do país há 44 anos.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial