quinta-feira, abril 26, 2018

Longe das primeiras páginas

As previsões  do governo inscritas no programa de estabilidade e crescimento apontam para este ano um deficit de 0,7 % do PIB, uma taxa de desemprego de 7,6%, um crescimento económico de 2,3% e uma redução da dívida para 122% do PIB (ainda há pouco rondava os 130%).
Estas notícias não abrirão telejornais e as referências que merecerem da má língua travestida de comentário serão para as desmerecer.

Enquanto a comunicação social chafurda no pântano dos processos mediaticos e outros  vêem corrupção em todo o lado, o governo trabalha e apresenta resultados.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial