terça-feira, agosto 21, 2012

Inventona


O acto falhado de Marcelo Rebelo de Sousa, ao atribuir a José Sócrates o corte do subsídio de Natal de 2011, imposto lançado por Passos Coelho,  revela uma personagem intelectualmente esgotada, incapaz de qualquer comentário político sério, cuja intervenção mediática degenerou, há muito, em propaganda partidária.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial