terça-feira, junho 10, 2014

O bonezinho da feira

C'um bonezinho de feira,
Faz o Portas um vistão,
Tapa o sol c'uma peneira,
Tapa os olhos ao povão.

Um Coelho sem boné,
- Nas orelhas não lhe serve -
Da cuca fica choné,
Leva pancada que ferve.

À feira de Santarém,
Quem burro vai, burro vem.
O Passos foi ver as vistas,
O Portas levou a Cristas.

P,ró TC não lhe ir à toca,
Coelho comprou um boi.
Foi barrete, era uma choca,
E o Seguro também foi.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial