sábado, junho 07, 2014

O maior cego é o que não quer ver

A reação de Seguro à candidatura de António Costa alinha pelos partidos da maioria e, tal como fez Paulo Rangel e Nuno Melo,  a sua entourage já começou a atirar-se a José Sócrates.

Desde o tempo do governo de José Sócrates que Seguro faz o jogo da direita.  Aliás, ele confunde-se com a direita. 

Se assim não fosse, não teria aplaudido o vergonhoso discurso de Cavaco Silva na Assembleia da Republica, em que desferiu um ataque traiçoeiro ao governo minoritário do partido socialista, que havia de levar à intervenção da Troika e ao governo de Passos Coelho.

Traição é uma palavra forte, mas não me ocorre outra.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial