segunda-feira, novembro 10, 2014

"Não lhe saiu bem, mas todos temos dias”


A desculpa, além de esfarrapada, é parcial, porque mostra a tolerância do comentador para com os membros deste governo, que Marcelo nunca deixou de apoiar quando foi preciso, tal como nunca deixou de apoiar o raivoso de Boliqueime, apesar dos atropelos à constituição e à democracia, de que o episódio das "escutas de Belém"  é um paradigma. 

Se a palhaçada de Pires de Lima tivesse por autor um politico estranho à maioria PSD/CDS, Marcelo esfrangalhava-o em direito. 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial