segunda-feira, dezembro 15, 2014

O homem da máscara de ferro

Segundo Voltaire, o prisioneiro que se diz ter sido obrigado a usar uma máscara de ferro durante 34 anos seria o irmão mais velho de Luis XIV. Na versão romanceada de Alexandre Dumas o prisioneiro da máscara de ferro é irmão gêmeo de Luis XIV.

Em Portugal, como somos pobrezinhos, não tivemos nenhum rei Sol, nem Voltaire, nem Alexandre Dumas. Em contrapartida tivemos um presidente do conselho de ministros que se julgava acima da lei e mandava prender os que não concordavam com as suas ideias. 
Porém, não consta que a PIDE recorresse à máscara de ferro. "Limitava-se"  a mandá-los para a prisão sem culpa formada e lá os mantinha, sem direito a apelo nem agravo, pelo tempo que os juízes dos tribunas plenários julgavam suficiente para transformar um comunista num fascista. (Quem se opunha ao regime, se não era comunista estava a caminho...)

Felizmente já não temos Salazar, nem a PIDE, nem tribunais plenários. Agora  a ninguém   é negado o direito de se defender.  
A não ser que esteja preso preventivamente, período em que, além de não se poder defender, pode passar anos preso sem ser  acusado e até de falar pode ser proibido.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial